12
01
15

17:09

4 meses

Pronto, a tua vida já mudou de vez.

Você sabe o preço do leite em pó em todas as farmácias perto da sua casa.

Sabe também quais ficam abertas até mais tarde.

E se você tinha alguma vergonha em comprar produtos extremamente femininos, esquece, isto já foi superado faz tempo e você nem percebeu. (não é meu caso, mas já comprei tanta coisa que já ficou até automático)

Não lembra mais qual é preço de uma entrada de cinema.

E também não sabe mais quais são os lançamentos e quais já saíram de cartaz.

Marcadores: Blah, Catarina, Cotidiano, Famiglia, Karim, Cinema, Filmes

04
07
13

01:30

O Netflix poderia ser muito melhor

Este é um post que eu já estava com vontade de fazer tem um tempinho.

Sou assinante do Netflix ha mais de um ano já e gosto bastante do serviço, mas isto não significa que ele é perfeito.

Existe bastante espaço para melhorar.

A primeira coisa que me incomodou foi o lance de como ele funciona absurdamente diferente em diferentes plataformas.

Quando se navega pelo site, a lista do catálogo é gigantesca e é possível ver além da resenha, os comentários dos outros usuários que já assistiram o filme.

No Xbox o aplicativo é bacana, mas a busca não é tão boa e a listagem do catálogo deixa a desejar. Até a busca e listagem do aplicativo para celular é melhor e inclui nos detalhes do título existe uma lista de títulos relacionados.

Mas o triste mesmo é ver como o aplicativo para o Wii é abandonado. A listagem do catálogo poderia ser bem melhor, quase parecida com a versão web, já que o Wii Remote funciona muito como um mouse. A busca é simplesmente um lixo. Não localizada praticamente nada do catálogo. Outra coisa que incomoda muito é a qualidade da imagem, que entendo em parte ser culpa da falta de um cabo HDMI.

Nunca vi o aplicativo para PS3 funcionar, mas acredito que entre todos (tirando a versão web) deva ser o melhor, já que este novo sistema de recomendações chamado Max parece ser muito bom!

Outras coisas que faltam ao serviço são bem simples e não dá para entender como ainda não foram colocadas em prática. A criação de listas (a Recently Watched não vale!!!) é uma delas.

Um botão do tipo estou com sorte também seria útil para os dias em que a indecisão bate mais forte.

O acesso da mesma conta por mais de uma pessoa, pode até ser limitado para apenas 1 streaming simultâneo que não tem problema, é um saco e a criação de perfis seria uma boa idéia. Não dá para ser apurado nas recomendações se todas as pessoas da casa usam apenas um perfil.

Mais uma coisa que me incomoda são as recomendações de filmes que já apontei que não tenho interesse em assistir. Por quê eles continuam aparecendo? Deveriam sumir para sempre das listas e ser exibidos apenas quando realizamos alguma busca.

Outra coisa que poderia desaparecer é o catálogo de novelas mexicanas e um monte de filmes regionais que na boa, não agrega nada. O cinema mexicano não é tão bom assim, e também não é tão relevante para a gente. Quer um catálogo alternativo? Que tal o Italiano ou Francês? Por falar nisso, parabéns pelo Crônicas Sexuais de uma Família Francesa, mas boooo por tirar o título muito rápido do catálogo. Foi tão rápido que não tive tempo de assistir.

Bom, fica aí meu wishlist pro Netflix.

Marcadores: Blah, Filmes, Netflix, Resenhas

18
07
12

08:00

Breve história do design de títulos de filmes

A Brief History of Title Design from Ian Albinson on Vimeo.

Marcadores: Arte, Cinema, Cool, Filmes, Videos

12
04
12

21:46

Brilho eterno

Tem filme que é foda e não canso de assistir

Marcadores: Arte, Filmes

15
12
11

12:48

230 filmes de 2011 em cinco minutos

Via Gizmodo

Marcadores: Cinema, Cool, Diversão, Filmes, Videos

05
12
11

11:49

Could you?

“If you wake up at a different time, in a different place, could you wake up as a different person?”
Fight Club (1999)

Marcadores: Blah, Filmes

20
06
11

15:13

Very true

Marcadores: Blah, Filmes

20
05
11

09:29

30 Day Song Challenge: 16 - a song that you used to love but now hate

Acho que fiquei mais ou menos 1 ano com o cd do filme Empire Records rodando constantemente no meu carro.

Ao ponto de não conseguir aguentar mais escutar qualquer música daquele cd.

Bom, o tempo passou e hoje eu consigo escutar numa boa.

Till I Hear From You é Gin Blossoms é bacana.

Recomendo o filme também.

Marcadores: Diversão, Filmes, Música, Tops, Videos

11
01
11

20:10

Os melhores filmes de 2010 que o Brasil não viu

Do blog do André Barcinski

Winter´s Bone já estava na minha lista de ToDo´s faz tempo...

Winter's Bone

Junto com "O Profeta", o melhor longa que vi em 2010. História de uma jovem do interior dos Estados Unidos (mais especificamente dos Ozarks, região caipiríssima do centro do país) que sai à procura do pai, foragido da polícia. Um dos filmes mais tensos e impactantes dos últimos anos. Tem uma cena envolvendo um lago e uma serra elétrica - não vou contar mais - que é coisa de antologia.

Peacock

Drama sobre um homem (Cillian Murphy, de "A Origem") vivendo uma vida dupla como mulher, numa cidadezinha do Nebraska. Um pesadelo gótico de primeira. Este chegou a ser anunciado em cinemas, mas depois sumiu. Acho que nem chegou a estrear.

Smash His Camera

Documentário de Leon Gast ("Quando Éramos Reis") sobre o mítico paparazzo Ron Galella, que por 40 anos perseguiu celebridades - e foi perseguido por algumas, como Marlon Brando, que lhe arrancou cinco dentes com um soco na cara.

Animal Kingdom

Filmaço australiano sobre um adolescente de 17 anos que, depois da morte da mãe por overdose, busca abrigo na casa dos tios, um grupo de bandidos procurados pela polícia local. Tenso. A incrível Jacki Weaver (grande atriz australiana de "Piquenique na Montanha Misteriosa") faz a avó mais assustadora que já vi numa tela.

Exit Through the Gift Shop

Passou na Mostra de SP, mas acho que nem chegou a entrar em cartaz esse documentário, supostamente dirigido pelo artista plástico e terrorista cultural Banksy, que questiona a autenticidade da criação artística. Divertidíssimo.

Restrepo

Documentário incrível sobre a vida de soldados americanos na linha de frente do combate ao Talibã, no Afeganistão. A impressão é que nenhum deles tem a menor idéia do que está fazendo lá. Triste e revoltante.

The Cove

Um mistério por que esse documentário sobre a indústria da pesca de golfinhos no Japão, que ganhou o Oscar, não estreou no Brasil. O filme sofre de um certo didatismo e parece um pouco comercial de ONG, mas as cenas das matanças de golfinhos são aterradoras. Eu também não tinha a menor idéia de que a captura e treinamento de golfinhos para parques aquáticos fosse um negócio bilionário, como mostra o filme.

Inside Job

Narrado por Matt Damon, este documentário trata da crise global de 2008, que custou 20 trilhões de dólares ao planeta e, como o filme mostra, poderia tranquilamente ter sido evitada. Filmaço.

Marcadores: Arte, Blah, Brasil, Cinema, Diversão, Filmes

05
07
10

21:46

De volta para o futuro

Será que Doc apareceu por aqui hoje?

 

 

Via @mariabeatrix

Marcadores: Cool, Filmes


Arquivo: você está na página 1 de 8
Início | |

Ir para a página:
Assine o feed!
Crazy Talk #8
A trilha sonora de House MD.

Nesta edição escutamos músicas que tocaram em algum episódio do seriado do dr. House.

Entre as bandas escolhidas estão Massive Attack, Ray Charles, Jimi Hendrix, Fiona Apple e Boomtown Rats.

Outros programas aqui.
Quem procura acha
Busca Doido:

Últimas 5 buscas

Top comentaristas
1MoG (275)
2Nacca (190)
3kim (131)
4Dani (100)
5Gratuidade (63)
Últimos comentários